Casa de taipa de dois andares foi construida por agricultor em União, no Piauí

Agricultor e sua mãe na porta de sua residência. (Foto: Gilcilene Araújo/ G1 )

Agricultor e sua mãe na porta de sua residência. (Foto: Gilcilene Araújo/ G1 )

O agricultor Antônio dos Santos, 56 anos, conhecido como Antônio Vanja, realizou o que para muitas pessoas seria impossível. Ele contou com a ajuda de três vizinhos e juntos construíram uma casa de dois andares utilizando barro, madeira, palhas e talos de buriti. O imóvel foi erguido na comunidade Monte Castelo, zona rural de União, localizado a 50 quilômetros de Teresina.

Em entrevista ao G1 Piauí, Varja contou que a obra foi realizada em duas etapas: o térreo da casa foi construído a cerca de seis anos e somente após três anos de uso resolveu fazer o andar de cima.

Gênio da Arquitetura, Antonio Vanja. (Foto: Weslley Salles)

“Tive a ideia e fui atrás de executá-la. A primeira dificuldade que tive foi de encontrar uma madeira que ao ser colocada no chão chegasse até o teto, de aproximadamente 3 metros de altura. Após encontrar, comecei a obra”, lembra.

A criatividade de Antônio Vanja lhe tornou um homem conhecido na cidade de União e no povoado onde mora. Segundo ele, várias pessoas visitaram sua residência desde sua construção.

“A casa é bastante visitada por pessoas que têm a curiosidade em conhecer o material utilizado na construção do segundo piso que é feito de talo de buriti. As professoras da escola da localidade trouxeram seus alunos, o prefeito da cidade também já veio e vieram dois engenheiros curiosos para saber como consegui fazer isso”, afirmou.

Antônio Vanja mostra escada que cada acesso ao segundo piso. (Foto: Gilcilene Araújo/ G1)

Antônio Vanja mostra escada que dá
acesso ao segundo piso. (Foto: Gilcilene Araújo/ G1)

O agricultor afirma ainda que à medida que a madeira vai desgastando, ele vai trocando por outras novas. Apesar do material usado se desgastar com rapidez, comparado ao uso de tijolos e cimento em construção de residências, Vanja garante que o local é seguro.

Casa de taipa de andar. (Foto: Weslley Sales)

“Até hoje eu nunca escutei um barulho que pudesse demonstrar que a casa estaria desabando. Aqui também não molha quando chove. Eu durmo em minha rede tranquilo e olha que ela está amarrada no último piso da casa”, conta o agricultor.

Antônio Vanja  mora sozinho na residência. Sua mãe, dona Maria do Livramento, 86 anos, mora na casa construída na parte de trás da residência do filho.

Agricultor mostra onde dorme em sua casa. (Foto: Gilcilene Araújo/ G1)

Agricultor diz dormir tranquilo em uma rede armada em um dos cômodos da casa (Foto: Gilcilene Araújo/ G1)

Fonte: G1 / Fotos: G1 e Weslley Salles

Piauí Brasil

Comentários (1)

carlota silva disse:

Linda!

31/03/2014 12:04

Enviar um comentário



Parceiros

Time Oficina de Ideias Governo do Estado
Piaui-Brasil